8 meses…?! Já?! Como assim?

Os enjoos voltaram. O sono também. Em menor escala, é certo, tenho que admitir, mas VOLTARAM. E eu que achava que eram ambos exclusivos do primeiro trimestre!! No que toca ao sono, é fácil, durmo! 🙂 Já no que diz respeito aos enjoos… bom… aí é mais difícil, porque quando chegam fazem-me parar o que estou a fazer e chego a ter suores frios, credo! Mas… tudo por uma boa causa, isso é certo 🙂 Muito boa causa!

image

A juntar aos enjoos e ao sono… ficam mesmo bem umas dores nas costas!! NOT!!!! Mas é verdade. O peso ganho – para uma gravidez que se quer saudável, eu sei – está cá e naturalmente que tinha de provocar os seus efeitos. Além disso, chego ao fim do dia com umas dores terríveis nos calcanhares. Valham-me as massagens do papá 🙂 Explicava-lhe eu no outro dia que a sensação é semelhante à de ter constantemente pesos nos tornozelos para fazer aqueles exercícios de ginástica localizada, sabem? Com a única diferença de que não dá para aliviar a carga como nas aulas! ahahhaha

Por falar em ginásio, esta será a minha última semana no Holmes. Snif snif!! Agora fico-me pelas caminhadas em regime exclusivo. Temos de saber quando parar e, de facto, o meu rendimento já não compensa o dinheiro pago pela mensalidade. Voltamos em força depois! Mas vamos com calma. E além disso, não estou muito preocupada, porque sei que sou empenhada no exercício. A título de exemplo, eu e o Martim costumamos fazer uma média de 3 quilómetros a caminhar – vamos esquecer a mousse de chocolate que devorei hoje nos meus pais, porque é Páscoa sim? E soube-me pela vida!

Bom, permitam-me que vos fale também da mala da maternidade. Não é tarefa fácil organizar tudo! Cada hospital tem uma lista do que precisamos levar mas, em conversa com uma enfermeira do serviço onde vou ficar, percebi que se me esquecer de alguma coisa eles têm tudo, pelo menos para as primeiras 24 horas, tanto do bebé como da mãe. O que se passa é que depois queremos ter aqueles miminhos que só nós sabemos – a roupinha, o gorro, uma das mantinhas feitas pela avó Fátima, e por aí fora. (Não vale a pena estarmos agora a falar de pensos e afins, que é pouco sexy!) Resumindo, a mala está quase pronta e poderei tê-la comigo logo depois do recobro, assim que for para o quarto, a menos que a ML decida nascer de madrugada. Aí só terei a mala comigo no dia seguinte! Tranquilo! 

image
image

Em relação ao quartinho da bebé, temos novidades: o muda-fraldas já cá mora! E a mamã passou uma parte da tarde deste domingo a arrumar algumas coisas e a pensar naquilo que ainda faz falta 🙂 E falta cada vez menos! O que significa que… está quase! Só falta o quase! 

image

Até já! 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s