5 dicas para um regresso tranquilo à escolinha

Decidimos deixar aqui 5 dicas importantíssimas que poderão ajudar a que a (re)adaptação seja menos dolorosa (para todos), depois de (pelo menos) 3 semanas com os pequenotes de manhã à noite – que delícia!

Ainda tão nova e já começa a dar despesas…

Acabou de fazer 2 anos e já começa a dar despesa. Acreditem que é verdade. Felizmente estas coisas já têm solução. =) Para meu sossego ainda existe algum bom senso nas instituições, e a pessoa tem sempre a possibilidade de ligar para a Vodafone e perguntar o que é que se passa com a factura…

Ela vai sem fralda, senhores. E agora?

Não é fácil. De todo. Mas é fazível. Perfeitamente. Afinal de contas nenhum de nós vai para a faculdade a fazer xixi nas cuecas. Certo? Por isso, força! Coragem. Determinação. Preserverança e… boa sorte!

A sorte (com os filhos) também é trabalho dos pais

Trabalho dos pais, mas como assim? Em que medida? Mas de que é que ele está a falar? A sorte ou se tem ou não se tem, agora cá “dá trabalho”… E o que é que ele sabe da minha vida para dizer que isto é uma questão de sorte ou não? Desculpem-me mas acredito…

5 dicas para passear com bebés faça chuva ou faça sol

Nos dias mais frios, e apesar do sol, há coisas que não podem faltar quando saímos de casa com os mais pequeninos. Outras há que facilitam muito a nossa vida, quer seja primavera, verão, outono ou inverno. Começaria por vos dizer que aderi à “moda” da mochila desde que fui mãe. Confesso que é muito mais…

Uma etapa que termina… outra que começa!

Foram quase 21 meses. Nunca imaginei, como já vos tinha dito uma vez. Nunca imaginei que conseguisse amamentar durante tanto tempo, que tivesse tamanha vontade e força e espírito de sacrifício que, vamos lá ver, é preciso de vez em quando, pelo meio do caminho. Sempre gostei de dar mama, mesmo quando ao início as dores…

A quatro meses dos 2 anos… as birras

Tal como se previa, as birrinhas por tudo e por nada já chegaram a esta santa casa. Outra coisa não seria sequer de esperar de uma criança com tanta atitude, muita inteligência, extremamente atenta, observadora e destemida. É assim a minha filha. Parece não ter medo de nada, ou de quase nada, com excepção de… estranhos,…

Querido, mudei as cadeiras auto!

Sempre tive presente que mais vale mudar para melhor, ainda que mais tarde, do que não mudar de todo. Enquanto casal preservamos isso e ainda mais desde que a Leonor nasceu. As mudanças trazem coisas boas, bons ventos, boas energias. Sabe bem mudar e sabe ainda melhor quando as mudanças são cheias de confiança.Ora, mas…