Porque é que ficamos tão contentes com coisas “perfeitamente normais”?

Porque é que ficamos – se não ficam, talvez devessem pensar porque é que não ficam – tão felizes com as pequenas – e muitas vezes absolutamente “normais” conquistas dos nossos filhos quando eles são tão pequeninos? Porque não temos sequer ideia do quão difícil é passar por algumas das coisas que eles passam e…

Quando ela chama Mamã… ou…  Mama! :)

A Nonô tem andado doentinha. No domingo já estava muito ranhosa e meio murchinha, pelo que nem sequer arrisquei sair de casa nesse dia. O Martim tinha ido trabalhar e nós ficámos de molho depois de um sábado agitado de passeio com os avós. Ora, na 2ª feira de manhã acordou com uma tosse cavernosa……